Alma Ribatejana

Idade: 23, 20, 25 anos
Localidade: Benavente e Entroncamento
A banda é composta por 4 elementos: Diana David, 23 anos, Licenciada em Ed. Básica e Mestrado Ed. Pré-Escolar do Ensino 1º ciclo, vive em Benavente e é a vocalista. André Santos, 20 anos, Estudante Universitário, vive em Benavente e é o Guitarrista. Rodrigo Recatia, 20 anos, tem um curso profissional (trabalha com o gado bravo e cavalos) vive em Benavente, toca o cajon. E, por fim, Afonso Graça, 25 anos, trabalha em artes Plásticas e Multimédia, vive no Entroncamento e toca a Guitarra Solo. TUDO COMEÇOU COM A VOCALISTA – DIANA DAVID Diana canta desde os 11 anos, nessa altura foi para uma escola de música e por influência e vontade da mãe começou a cantar fado. Quando entrou para a faculdade, desistiu da escola de música, pois não tinha tempo, mas continuou a cantar como fadista. Participou em vários concursos, um deles o "Tu tens Amália na voz", em 2012, um concurso da Rádio Amália. Mais tarde, em 2016 tornou-se solista da tuna, onde ganhou 2 prémios de melhor solista num festival em Coimbra e em Seia. Em 2018, lançou um CD de Fado "Um sonho" que ganhou através do FestFado Ribatejo em 2017. Quando lançou o CD, acabou por lançar um novo projeto, a banda de flamenco "ALMA RIBATEJANA". Desde 2018 que a banda foi crescendo, tendo neste momento 4 elementos. Quando teve a ideia de criar este projeto, falou com o Rodrigo Recatia, amigo de infância e decidiram começar isto juntos. Logo depois, recrutaram os outros dois porque no fundo estão sempre juntos: Eles têm cavalos e os cavalos estão na casa dela (ela tem uma quinta). Atuaram já para públicos entre 500 1000, em festas e discotecas. – O salto foi em 2019. Em 2020, com a pandemia, os concertos que tinham foram todos cancelados. O estilo favorito é Fado e Flamenco e são fãs de Amália Rodrigues. A principal inspiração da banda é o Nininho Vaz Maia (artista favorito da Diana, delira com ele e acha que vai desmaiar quando o vir) – A música favorita é a “Não sou Perfeito”, até gravaram o tema com cavalos e uma coreografia especial. Sabem tocar os temas todos do Nininho. Estar no ATN é honrar as raízes, as tradições e é uma oportunidade para dar a conhecer o trabalho dos "ALMA RIBATEJANA". A Diana conhece um dos elementos dos 100 – o Hélder Tavares que estudou com ela na Escola Superior de Educação de Santarém, frequentando a mesma tuna.
VÍDEOS
FOTOS