Mirza

Idade: 34
Localidade: Lisboa V.
É moçambicano e está em Portugal desde 1998. Vive sozinho em Lisboa. A sua família está toda em Moçambique. Os pais chamam-se Eduardo e Aissa e tem dois irmãos: o Mebook de 40 anos e o Shamir de 30 anos. Esteve com eles em dezembro de 2020 para passar as festas e para o casamento do irmão. Veio para Portugal porque ganhou uma bolsa de estudo no Instituto Militar dos Pupilos do Exército. Tinha 10 anos – completou do 5º ano ao 12º ano. Depois tirou a licenciatura em Turismo na Lusófona. Na altura que estava no Instituto Militar começou a perceber que gostava de cantar. Existia um grupo coral lá e foi convidado a cantar. Os feedbacks eram sempre muito positivos. Chegou a criar um grupo de rap com os colegas do Instituto também. Cantava e escrevia as letras das músicas. O grupo chamava-se “Out Braves”. Mais tarde, trabalhou num restaurante que tinha noites de karaoke, começou a cantar regularmente e a ganhar mais confiança. Começou a cantar profissionalmente desde 2007 como membro de dois coros de Gospel (Gospel Collective e Soul Gospel Project). Já atuou em salas de espetáculo em Portugal e fora do país, para plateias desde 10 a 20 000 pessoas em eventos como o Rock In Rio, Festa do Avante e Festival da Canção. Ao longo do seu percurso diz ter tido o privilégio de partilhar palco e experiências com nomes como: Selma Uamusse, Dengaz, Agir, Matay, NBC, Bernardo Sasseti, Legendary Tigerman, entre outros. Conheceu o Matay em 2007 através do Gospel, são amigos. Vai ser uma surpresa para o Matay vê-lo no All Together Now. Neste momento, é agente de viagens (com a pandemia está em lay off) e fazia gestão de alojamentos locais também. Está também no processo de gravação de um projeto seu, ainda não sabe quando vai lançar, é um investimento dele, tem de ser “step by step”. Estar no ATN significa arriscar e investir mais em si e no seu sonho musical que tem sido adiado ao longo dos anos. – Faltou-lhe muitas vezes confiança – ser emigrante dificulta, estar cá sozinho é difícil… nunca teve muita coragem de arriscar. Falta de segurança. Com o ATN pode ter chegado o seu momento. A namorada Joana também o incentivou, é o seu grande apoio.
VÍDEOS
FOTOS