Pedro Ferreira

Idade: 25 anos
Localidade: Vila Nova de Gaia
Vive com os pais, Fátima e Vítor, e com o irmão mais velho, Bruno, de 31 anos. É Fadista e trabalha numa empresa de eventos em V.N. de Gaia (jantares tradicionais, folclore e jantares temáticos). Faz trabalhos como ator/animador turístico e canta. Com 15 anos, participou na 4ª Edição do programa "Uma Canção para Ti" da TVI, o qual venceu e isso abriu-lhe muitas portas para pisar grandes palcos. Cantou com vários artistas conhecidos no programa e destaca o dueto com a Simone Oliveira como o mais especial – Cantou o tema “Desfolhada”. Cantou também com o Rui Andrade o tema “Em nome do Amor”. – Diz que vai ser engraçado rever algumas caras do programa (Ex: Rita Pereira). Foi há precisamente 10 anos (Fez 10 anos de carreira no dia de aniversário da TVI). Por isso acha que esta participação no ATN é especial e é o momento. É o destino a fazer das suas. Desde o programa, nunca mais abandonou os palcos. Acabou por descobrir o amor pelo fado e muitas portas abriram-se, tendo chegado a atuar no Coliseu do Porto, em concertos de Fado da Rádio Festival. Atuou também três anos consecutivos no Caixa Alfama. Para um jovem de 25 anos tem muita experiência. Já gravou dois discos (O 1º em 2015, foi um Prémio de um Concurso de Fado que venceu e o 2º em 2019 por ele). Alguns dos temas dos discos passaram em algumas rádios regionais. O seu maior sonho é ter uma carreira sólida e estável. Ter oportunidade de levar a sua música a todo o Portugal. No fundo, ter mais reconhecimento, pois sente que foi esquecido – não diz no mau sentido – mas por o mundo da música não parar e haver muitas pessoas com o mesmo sonho. Participar neste programa seria voltar ao grande ecrã, após 10 anos - quer mostrar a sua evolução ao grande público e acredita que possam surgir oportunidades valiosas - “Eu estou aqui”. O Fado é o seu estilo musical favorito porque é aquele que o permite expressar os seus mais intensos sentimentos. Tem uma grande paixão pela Amália Rodrigues. As pessoas mais importantes da sua vida são a família. São os responsáveis pela sua educação, pelo homem que se tornou. Diz que sabe exatamente o que é importante na vida e que apesar de tudo manteve sempre os pés no chão graças a eles. Fala da mãe com muito carinho, é a mais importante, sem dúvida. É o grande amor da sua vida, têm uma relação de cumplicidade muito forte. São os melhores amigos um do outro. Infelizmente, já viveram em condições menos favoráveis e graças à sua força nunca se deixou ir abaixo. – Parte do prémio que ganhou no programa foi para ajudar os pais. Aponta que teve uma infância muito feliz, mas que, na adolescência, sofreu de bullying pelo facto “de ser diferente, por não se enquadrar nos parâmetros que a nossa sociedade considera corretos...” Sofreu bastante com a maldade e mesquinhez das pessoas. Hoje, é um homem, pronto para abraçar esta oportunidade, mais uma vez, na TVI.
VÍDEOS
FOTOS