Célia e Zeca discutem na festa de Joana

28 dez 2020 00:00

Ema (Ana Varela) afirma que não sabe o que fazer à sua vida e Zeca (Graciano Dias) pede-lhe que fiquem juntos, quando são interrompidos por Ulisses (Nuno Homem de Sá), que aconselha Ema a voltar para casa para que Raul (Sérgio Praia) não desconfie de nada.

Ema entra em casa e David (Jorge Albuquerque) conta-lhe que está a tratar da compra da Editora e que, uma vez que Raul não quer vender a sua parte, ele vai vender metade da sua quota para garantir o negócio e retirar o poder a Raul.

Joana (Catarina ebelo) é surpreendida pelos amigos que organizaram uma festa surpresa. Zeca, Ulisses e Eça (Nuno Pardal) entram e ficam surpreendidos com a animação. Todos cantam os Parabéns a Joana. Estela (Isabel Figueira) chora de emoção e Ulisses apressa-se a oferecer-lhe um lenço.

Zeca felicita Joana e abraça-a. Célia (Sofia Ribeiro) entra e fica furiosa ao ver a festa e o abraço entre Zeca e Joana. Para espanto de todos, Célia afirma que a festa acabou.

Raul censura Ema, por ouvi-la cantar. Ela não se deixa intimidar e canta mais alto. Furioso, Raul dá-lhe um murro na cara.

Todos ficam em choque com a atitude de Célia e Zeca pergunta-lhe se vai querer, mesmo, destruir o dia de aniversário da filha.

Raul é apanhado de supresa quando Ema avança para ele e o empurra, sublinhando que está farta de não ter liberdade e que não quer que ele volte a aparecer-lhe à frente.

Célia pede desculpa pela atitude e todos suspiram de alivio. Fanã (Salvador Nery) começa a cantar e Joana abraça a mãe, a agradecer-lhe por não ter acabado com a festa. Zeca pergunta às irmãs o que se passou ali, pois não entendeu o comportamento de Célia.

Filomena (Sofia Nicholson) conta que foi despedida por ter ido a uma consulta e Santos Costa (Ricardo Castro) diz que vai arranjar forma de a ajudar.

Vanda (Fernanda Serrano) liga para Ema e fica chocada quando a amiga lhe diz que teve uma discussão com Raul que acabou mal.

Santos Costa conta a Rita (Beatriz Barosa) que David arranjou um comprador para a editora e afirma que vai falar com ele para impedir o despedimento de Filomena.

Vanda fica cada vez mais preocupada com o estado de Ema e afirma que vai levá-la ao hospital ou à polícia. Ema nega e abre a porta a David e Zequinha (Diogo Dourguette), que ficam em choque com o estado dela.

Zeca fica boquiaberto quando percebe que Ema acusou Célia de ter trocado os bebés e que Joana pode ser filha deles. Zeca abraça-se a Eça a chorar, compulsivamente. Eça tenta perceber o que se passa com o amigo.

Estela está animada com a conversa sobre literatura com Ulisses, mas é interrompida por Célia que lhe diz que Zeca percebeu que Joana pode ser sua filha.

Ema recusa apresentar queixa na polícia porque depende de Raul para pagar os tratamentos do filho. David insiste que ela tome uma atitude.

Joana agradece a Fred (Filipe Matos) por tudo o que ele fez por ela, deixando Diana (Matilde Reymão) com ciúmes.

Sandro (Miguel Bogalho) e Olga (Helena Costa) saem do restaurante. Sandro declara-se a Olga e ela corresponde ao beijo que ele lhe dá.

Vanda ameaça Raul, dizendo que não vão tolerar que ele volte a agredir Ema,

Maria Helena (Maria Emília Correia) entra em casa e exige saber o que se passa.

Eça fica boquiaberto quando Zeca lhe conta que Joana pode ser a sua filha com Ema.