Estela chega para controlar Célia

14 nov 2020 00:00

Raul (Sérgio Praia) entra em casa de Peter (Joaquim Nicolau) e fica espantado com o estado em que a sala se encontra, acorda o tio e pergunta-lhe se se chateou com Maria Helena (Maria Emília Correia), para montar um bordel lá em casa.

Célia (Sofia Ribeiro) estranha ver Estela (Isabel Figueira) ali. Esta cumprimenta toda a gente e Gisela (Carla Vasconcelos) espera que ela não esteja a pensar ficar lá em casa, porque já não cabe mais ninguém.

Santos Costa (Ricardo Castro) percebe que alguma coisa se passou para Rita (Beatriz Barosa) ter pedido a demissão. Esta revela que contou a Raul que ele é seu pai.

O marido de Ema (Ana Varela) repreende Peter por estar de ressaca e exige que arranje uma forma de tirar a avó de sua casa.

Célia está furiosa com Estela por ter vindo para Lisboa e ela acusa a irmã de estar maluca e pergunta-lhe se já se esqueceu do que lhe disse que o fazia a Ema. A mãe de Joana (Catarina Rebelo) diz que disse aquilo da boca para fora, mas a irmã não acredita.

Vanda (Fernanda Serrano) reclama com as funcionárias pelo material do catering ainda estar por ali, quando chega Ulisses (Nuno Homem de Sá) e a informa que quer negociar.

O pai de Eça (Nuno Pardal) explica que está disposto a fazer o donativo que tinham falado, caso ela retire a queixa contra Zeca (Graciano Dias).

Ema entrega um saco com uma mecha de cabelo à funcionária do laboratório, que a admira pela sua persistência.

David (Jorge Albuquerque) repara nas mazelas de Zeca, que conta que foi espancado e que agora precisa de sair dali, pois tem muitas contas para acertar. O irmão de Raul promete fazer tudo o que estiver ao seu alcance para o tirar dali.

Ema não perde a esperança de encontrar a filha e pede para apressarem os resultados.

Vanda fica surpresa por toda a gente querer ajudar Zeca e foca-se no donativo que Ulisses quer fazer e aceita a proposta.

Salomé (Madalena Brandão) está irritada com o que Vanda fez a Zeca e afirma que ela está a precisar de uma lição, pedindo ajuda a Filomena (Sofia Nicholson) para descobrirem coisas comprometedoras de Vanda.

Célia solta-se de Estela e afirma que nunca seria capaz de matar ninguém. Estela não tem tanta certeza disso, afinal de contas, teve coragem de roubar uma bebé. Por isso, promete ficar em Lisboa, para impedi-la de cometer uma loucura.

Rita conta que Raul ficou tão perturbado quanto ela e que não tem condições para continuar a trabalhar na empresa, mas Santos Costa tenta convencê-la a ficar e lembra-a de que a editora também é dela.

Peter conta que Maria Helena foi embora de casa e que precisou de companhia. Raul quer saber quem foi a miúda que o tio contratou e ele refere que foi uma que vale por dez.

Rute geme com dores de cabeça provocadas pela ressaca. As irmãs repreendem-na por ter sido irresponsável e querem saber onde Rute esteve, mas ela não diz. Constança (Filipa Pinto) vê uma chamada da agência de modelos e fica intrigada.

Filomena refere que conhece mal Vanda e Salomé estranha, pois julgava já as ter visto a conversar com alguma intimidade.

Santos Costa tenta convencer Rita que o facto dela ser filha de Raul é o argumento perfeito para ele desistir da venda da editora.

Emília (Dina Félix da Costa) conta a Gisela que Ema soube que Zeca tinha sido preso através de David, pois foi ele que o foi defender. Constança dá a entender que Zeca e Ema andam enrolados e todas ficam estupefactas.

Rita explica a Salomé que está mesmo decidida a sair da empresa, quando veem Gabriel na editora a ir falar com Santos Costa.