Filomena e Vanda unem-se contra Raul

12 fev 2021 00:00

Zeca (Graciano Dias) está irritado com as informações contraditórias e diz que não pode confiar em Filomena (Sofia Nicholson), pois mentiu para proteger Midas (João Manuel Vieira).

Joana (Catarina Rebelo) e Luís (Diogo Branco) regressam da casa de Raul e contam que a conversa com Célia não correu bem. Luís sugere mostrarem o vídeo da confissão.

Orgulhoso, Arnaldo (João Lagarto) exibe o cartaz do novo empreendimento que vai nascer no bairro e os moradores protestam.

Raul entra na editora enraivecido, pega no braço de Rita (Beatriz Barosa) e leva-a para o seu gabinete.

Filomena conta que o homem com quem foi jantar é o pai de Sandro (Miguel Bogalho) e Vanda fica espantada por ele não saber que tinha um filho.

Midas chega ao bairro, quer saber quem é o seu filho e pede para cortar o cabelo com Sandro.

Peter (Joaquim Nicolau) fica surpreendido por encontrar Diana (Matilde Reymão) à mesa do pequeno-almoço e ela indica que quer saber o que realmente aconteceu aos seus pais.

Vanda encoraja Filomena a apresentar Sandro ao pai e exigir-lhe o dinheiro que nunca lhe deu durante estes anos todos. Midas conversa com Sandro e gosta de o conhecer.

Diana insiste em saber quem matou os pais. Peter revela que a pessoa está presa e que foi por causa do negócio das pedras preciosas que o atentado aconteceu.

Constança (Filipa Pinto) está chateada por Gisela não lhe ter contado que tinha namorado e ela indica que se soubesse que ia dar tanto falatório nem tinha saído de casa.

Peter conta, por alto, a Diana como tudo aconteceu, mas ela não se dá por satisfeita e faz mais perguntas.

Filomena desabafa com a irmã. Vanda lembra-a de que a conversa com o filho é que vai ser mais difícil e aconselha-a a esmifrar o pai de Sandro, para que fique bem na vida.

Vanda propõe que Filomena a ajude a descobrir alguns podres sobre Raul e explica que, desta vez, tem razões fortes para querer entalar Raul. Filomena mostra-se solidária com ela.

Raul exige saber onde está Madalena, mas Rita recusa-se a dizer-lhe o que seja sobre a mãe.

Filomena (Sofia Nicholson) diz que se lembra de algumas histórias de mulheres que foram embora da empresa, por terem sido alvo de assédio sexual. Vanda (Fernanda Serrano) só quer saber o nome delas.

Célia (Sofia Ribeiro) discute com Estela (Isabel Figueira) por estar a intrometer-se na sua relação, quando Joana (Catarina Rebelo) aparece e diz que tem o vídeo onde Raul (Sérgio Praia) confessa o que fez.

Zeca (Graciano Dias) vai direto ao assunto e pergunta a Filomena porque é que lhe mentiu, e disse que Faustino é o pai de Sandro (Miguel Bogalho), quando o filho afirma que o pai morreu.

Célia e Estela assistem ao vídeo. Célia recusa-se a acreditar no que vê.

As sobrinhas e Eça (Nuno Homem de Sá) confrontam Arnaldo (João Lagarto) com o que está a pensar fazer ao bairro e prometem não deixar que as obras avancem. Rute (Ana Guiomar) filma tudo, para terem provas do que foi dito.

Vanda conta a Luís (Diogo Branco) o plano que tem contra Raul e indica que quer partilhar o vídeo da confissão na internet.

Zeca acha aquela história muito estranha, mas Filomena garante que ele deve estar a confundir Faustino com outra pessoa.

Sandro termina o corte de cabelo e Midas (João Manuel Vieira) mostra-se satisfeito. Midas paga com uma nota de 100€ e diz-lhe para ficar com o troco, deixando Sandro incrédulo.