Zeca descobre que Ema é maltratada

30 dez 2020 00:00

Rute (Ana Guiomar) repreende Peter (Joaquim Nicolau) e afirma que ele precisa de coaching para resolver a relação com a mãe e com a neta.

Salomé (Madalena Brandão) propõe um trabalho temporário a Estela (Isabel Figueira), para coordenar o processo do prémio literário promovido pela editora.

Santos Costa (Ricardo Castro) diz a Rita (Beatriz Barosa) que já está a tratar do caso de Filomena (Sofia Nicholson), para evitar o seu despedimento, mas anui que não consegue fazer nada em relação ao caso do roubo do livro de Zeca (Graciano Dias).

Raul (Sérgio Praia) enfrenta Maria Helena (Maria Emília Correia), mas ela mantém-se firme e expulsa-o de casa.

Sandro (Miguel Bogalho) e Fanã (Salvador Nery) trocam acusações pelo facto de Sandro ter revelado a verdade a Olga (Helena Costa) sobre a aposta que fizeram para lhe tirar a virgindade.

Ema (Ana Varela) regressa a casa e diz a Raul que foi à polícia, mas não apresentou queixa por causa de Zequinha, ficando pasma quando percebe que Maria Helena o expulsou de casa.

Ema atende telefonema de Zeca que lhe pergunta porque razão lhe escondeu que Joana (Catarina Rebelo) pode ser filha deles.

Eça (Nuno Pardal) percebe que o pai ficou interessado em Estela e que quer impressioná-la.

Estela fica muito entusiasmada com a proposta de trabalho e afirma que o seu sonho era trabalhar num lugar assim.

Luís (Diogo Branco) está preocupado por Vanda (Fernanda Serrano) ter exposto a vida deles ao dar abrigo a Ema, mas ela afirma que tinha de proteger a amiga que foi agredida pelo marido e acrescenta que apresentou queixa na polícia.

Célia (Sofia Ribeiro) fica intrigada quando percebe que a sua entrevista de trabalho é na editora. Cruza-se com Estela e ambas ficam surpreendidas.

Zeca pede às irmãs e a Joana que saiam para conseguir falar a sós com Ema, e questiona-a sobre as agressões de Raul. Ema fica surpreendida por Zeca saber que foi agredida pelo marido e Goulart mostra-se determinado em dar uma lição a Benvindo. Ema recomenda-lhe prudência nas atitudes para não acabar morto ou estragar aquilo que têm vindo a planear.

Raul pede ao financeiro que suspenda a contribuição para o instituto de doenças raras.

Estela fica incrédula quando Célia lhe diz que tem uma entrevista de trabalho na editora.

Sandro e Fanã tentam aproximar-se de Olga, mas ela não lhes dá oportunidade.

Gisela manda Emília e Olga embora pois está sem paciência para aturá-las. As irmãs afirmam que o assunto é grave, pois Ema foi agredida pelo marido e está lá em casa a falar com Zeca.