NESTE EPISÓDIO...

Sara (Ana Varela) recebe Miguel (Pedro Teixeira) com entusiasmo e relembra-o de que guarda o segredo de ser ele o autor do blogue. Miguel pergunta se ela conhece Tomás e Gabriela (Sandra Celas).

Sara comenta que Tomás esteve interessado nela mas que não arriscou tendo em conta o feitio da mulher.

Ângelo (Pedro Almendra) aponta uma arma a Aline (Teresa Tavares) e acusa-a de ter matado Tiago (Lucas Dutra), vincando que estragou a vida dele e a do filho. Aline não entende do que fala e teme que a mate.

Laura (Fernada Serrano) atende uma chamada no telefone fixo e, ansiosa, ouve António a dizer-lhe que já chegou o resultado da balística. António (Luís Esparteiro) recebe Raquel (Maria João Pinho) e avisa-a que alerte Miguel, que encontraram o assassino de Marina (Dina Félix da Costa).

Raquel  pergunta se deverá chamar um advogado e António (Luís Esparteiro) estranha a questão e o nervosismo. Chega Augusto (Filipe Vargas) e António deixa-os a sós.

Aline (Teresa Tavares) tenta acalmar Ângelo (Pedro Almendra) e ele acusa-a de Tiago (Lucas Dutra) se ter suicidado por sua culpa. Dispara-lhe sobre um pé, mas não a mata para não ser preso. Ele sai e Aline desmaia.

Miguel (Pedro Teixeira) está incomodado com a insinuação de Sara (Ana Varela), atende uma chamada de Laura (Fernanda Serrano) e mente sobre onde está. A mulher avisa-o de que encontraram o assassino e, ao sair, Sara faz um chupão a Miguel.

Laura liga ao seu informante e Joaquim (João Lagarto) diz que viu Gonçalo a matar Marina (Dina Félix). Os dois combinam encontrar-se e Laura pede que seja num local público, mas ele insiste que seja na casa que era dos amantes.

Augusto leva Raquel a casa e pede que não o rejeite e abraçam-se. Frederico (Gonçalo Norton) prepara uma mala para levar para a avó e, ao sair, vê a mãe e Augusto envolvidos. Fica irritado e diz que não quer ouvir explicações, e vinca que para si a mãe morreu.

Regresso ao passado. Tomás vai ter com Gonçalo e pede-lhe dinheiro, porque Gabriela está a ameaçar contar tudo a Raquel caso ele não lhe dê mais dinheiro. Todos almoçam e Tomás pede que chamem o 112, porque Gonçalo se estar a sentir mal.

Matilde (Helena Isabel) diz a Ângelo que assume os gastos do enterro de Tiago, por serem quase família, anuindo que agora só terão Gonçalo para dar sentido às suas existências. Ângelo pretende levar o caso até ao final e acabar com Augusto e com a sua advogada.

Miguel esconde o chupão a Laura, diz que o resultado das impressões ainda vai demorar e que não compreende como Gonçalo teve capacidade para viver uma vida dupla. Brinca, ainda, com Laura afirmando que não sabe mentir.

Inês teme pela conversa que Frederico diz ter tido com o irmão e ele declara-se no meio da fábrica.

Laura vê o resultado do teste de gravidez, relembra o momento em que disse ao marido que não querer fazer mais tratamentos, e pega na pistola de Miguel. Laura escreve uma carta para Miguel, mas arrepende-se e acaba por queimá-la. De seguida, liga para o seu contacto e combina encontrar-se com ele na casa do lago.

Raquel entrega a Miguel um documento que pode ajudar na investigação. André (Nuno Pardal) pergunta se pode haver melhor suspeito que o beneficiário do seguro de vida do primo.

Raquel conta a Augusto que André lhe entregou o papel do seguro de vida de Gonçalo. António acha estranho não ser ela a beneficiária, e Miguel refere Tomás como um presumível assassino.