NESTE EPISÓDIO...

Raquel (Maria João Pinho) está descontrolada com a mentira do segurança do casino e Augusto (Filipe Vargas) tenta retira-la do gabinete para que se acalme.

Gaspar termina de prestar depoimento e Miguel (Pedro Teixeira) observa que o segurança declarou conhecer Raquel, fazendo mais uma pergunta sobre ela.

Raquel vai ao escritório de Aline (Teresa Tavares) e despeja querosene nas gavetas, tentando pegar fogo às provas contra ela. Liliana consegue impedir que isso aconteça.

No hospital, Inês (Beatriz Barosa) está em repouso na companhia de Gisela e de Jesus. Frederico (Gonçalo Norton de Matos) chega e pede para falar com ele a sós.

Laura (Fernanda Serrano) reativa as mensagens do seu blog e recebe uma mensagem que Sara (Ana Varela) escreveu para Miguel e fica furiosa.

Regresso ao passado. Marina (Dina Félix da Costa) leva umas coisas da horta até a casa do doutor Paiva. O notário não abre a porta e Marina, preocupada, liga para a GNR. Gonçalo (Pedro Lima) conversa com Rosa distraindo-a, para dar tempo a Marina de fazer um telefonema.

Gonçalo e Marina aguardam por André (Nuno Pardal) com a cópia da chave do carro e Marina está angustiada com a morte do doutor Paiva.

Regresso ao presente. Laura faz uma chamada a partir do telefone fixo da mercearia, e Rosa fica preocupada. Miguel pede a António (Luís Esparteiro) para dormir numa das celas.

Laura espera por Miriam porque quer abortar. Augusto vai até à PJ para falar com Miguel para contar a verdade da noite do acidente, tentando salvar Raquel.

Augusto (Filipe Vargas) diz a Miguel (Pedro Teixeira) que ele e Raquel (Maria João Pinho) são amantes há muito tempo. Miguel não acredita e vinca que falsos testemunhos dão cadeia.

Miriam entrega os comprimidos para abortar a Laura (Fernanda Serrano) e alerta-a, afirmando que devia tomá-los na clínica. A escritora prefere ficar em casa e combina ligar-lhe se necessário. Devastado, Miguel conta que perdeu a mulher e o filho que tanto desejou