NESTE EPISÓDIO...

Marina (Dina Félix da Costa) dá aula de tango e Gonçalo (Pedro Lima) faz-lhe uma declaração de amor e os alunos aplaudem. O casal beija-se apaixonado, Gonçalo coloca almofadas no chão e fazem amor com paixão.

Passagem para o presente. Aurora (Sofia Nicholason) conta, a Augusto (FIlipe Vargas) e a Raquel (Maria João Pinho), que Nicolau (Bernardo Lobo Faria) foi alvejado na virilha.

Matilde (Helena Isabel) acaricia a mão de Gonçalo e ele diz-lhe que foi ele quem matou Marina. Matilde recusa-se a aceitar, achando que o filho está drogado e que não sabe o que diz.

Augusto culpa Aline (Teresa Tavares) pelo que está a acontecer e Raquel incentiva-o a denuncia-la. O cirurgião de Nicolau chama a família Oliveira e informa que a operação correu bem, apesar de o jovem ter perdido muito sangue.

Laura (Fernanda Serrano) é observada por um obstetra que a avisa de que precisa de repouso absoluto. O médico pede a Kevin para não deixar Laura viajar.

Miguel está na zona de Courelas, atento ao GPS. A determinada Altura, aponta a arma a um veículo e, com a outra mão, abre a respetiva porta.

Frederico (Gonçalo Norton) dá a novidade que vai ter um filho com Inês (Beatriz Barosa). Raquel, Augusto e Sara (Ana Varela) ficam perplexes, mas dão-lhe os parabéns.

Catarina (Carolina Frias) guarda roupa de Nicolau dentro da mochila quando encontra uma carta escrita por Marina.

Aline está bêbada, e deixa mensagens de voz a tratar mal Nicolau e avisa-o de que vai matar-se se ele não voltar para ela.

A enfermeira impede que Augusto leve roupas ao filho por estar nos cuidados intensivos. O pai repara no telemóvel de Nicolau e vê as chamadas de Aline.

António (Luís Esparteiro) está com o perito e assinala no mapa onde apareceu a pá. António pergunta pelas análises de sangue. O perito responde que o resultado não coincide com o sangue de Vicente (Dinarte Branco).

Toca o telefone fixo, Laura atende Joaquim (João Lagarto) que a trata mal, e Kevin grava a chamada.

Aline abre a porta a Augusto que, transtornado, lhe diz que Nicolau está a morrer. Desesperada, a advogada pede a Augusto para lhe dar um tiro.