NESTE EPISÓDIO...

Aline (Teresa Tavares) investiga as declarações de Raquel (Maria João Pinho) à policia, e conclui que ela mentiu.

Chega Alice (Catarina Rebelo) a chorar, e ela insiste com a filha para saber o que se passou com a filha. Alice compara a mãe com Sara e chama-a de puta: fala nos empregados da fábrica, em Augusto e em André (Nuno Pardal). Raquel grita-lhe, exige um pedido de desculpas, e vinca que não voltará a estar com a avó, por ser ela que lhe mete essas ideias na cabeça. Chega André e tenta perceber o que se passa, e a sobrinha volta a chamar Raquel de puta. Em defesa da cunhada, André dá-lhe um estalo.

Laura (Fernanda Serrano) agradece a Rosa o facto de lhe ter trazido o jantar e pergunta onde fica a quinta da família de Marina (Dina Félix da Costa) e Rosa dá-lhe indicações.

Regresso ao passado. Raquel chora porque não consegue voltar a ficar grávida e odeia Marina por ter conseguido. Gonçalo (Pedro Lima) discute com Marina por ela querer passar a casa do Alentejo para nome de Vicente, mas Marina reforça que aquela é a única maneira que têm para que ele fique calado e para que não os denuncie.

Regresso ao presente. Augusto diz que Raquel mentiu e que na noite do crime saiu durante por seis horas e que não se sabe para onde. Aline aconselhou-o a não falar com ela e António (Luís Esparteiro) concorda.

Catarina (Carolina Frias) vai a casa dos Macedo e ameaça Sara (Ana Varela), que se Raquel fizer sofrer o pai ou se ela se voltar a insinuar a Mané (Vicente Wallenstein), pega fogo à casa com todos lá dentro.

Na fabrica, Aurora (Sofia Nicholson) alerta Inês (Beatriz Barosa) de que Bruno insiste em falar com ela. Inês pede-lhe que vá ter a sua casa, por ali ninguém saber que ela tem um filho e ameaça-o que, caso não se vá embora, não vê mais Jorge. Aurora observa Inês e Bruno que se vai embora.

Aline quer estar concentrada a trabalhar, não se quer envolver com Nicolau e vinca que quando resolver o caso, quer que ele volte para Alice (Catarina Tavares).

Miguel (Pedro Teixeira) observa que a terra está solta e Laura anui que Gonçalo terá descoberto a traição e que enterrou Toninho ali.

Matilde (Helena Isabel) pede a Inês que tire uma caixa de marisco e tranca-a dentro da câmara frigorifica.

António tem o pedido de detenção enviado por Ângelo para prender Raquel, mas Augusto pede-lhe para falarem primeiro. Perguntam o que fez na noite da morte de Marina e Raquel assume que mentiu e pede desculpa.