NESTE EPISÓDIO...

No presente...

Ângelo (Pedro Almendra) arromba a porta do quarto de Gonçalo (Pedro Lima) e leva Matilde (Helena Isabel) lá para fora, enquanto as enfermeiras começam a ligar as máquinas a tentar impedir a morte do empresário.

Raquel (Maria João Pinho) e Augusto (Filipe Vargas) ouvem em choque o médico de Gonçalo a contar-lhes que Matilde desligou as máquinas que o mantinham vivo, mas que felizmente está tudo bem. Raquel critica a segurança do hospital e exige que Gonçalo seja transferido para casa o quanto antes.

Raquel, junto a Augusto, assiste impressionada ao trabalho da equipa médica que está a estabilizar a condição clínica de Gonçalo.

Miguel (Pedro Teixeira)recebe uma chamada que o avisa que a sua arma foi encontrada e que estava na posse de um homem chamado Joaquim Pascoal. 

Regresso ao passado...

Gonçalo enfrenta Vicente (Dinarte Branco), ameaçando que o denuncia à polícia por ter matado um homem, caso ele conte a Augusto do seu caso com Marina (Dina Félix da Costa).

Regresso ao presente...

Raquel está a analisar contas da fábrica e fica espantada por Miguel lhe dizer que devia fazer o teste de paternidade de Gonçalo, uma vez que não excluem a hipótese de Marina ter outro amante, ainda para mais por a história dela com Tomás estar mal contada.

Aline (Teresa Tavares) chega ao escritório e depara-se com Nicolau (Bernardo Lobo Faria) à sua espera. A advogada confessa que foi Ângelo quem lhe deu os tiros no pé. Nicolau fica furioso, mas Aline pede-lhe que não faça nada.

Miguel entra no gabinete de António (Luís Esparteiro) onde está Joaquim, que lhe sorri de forma sinistra. Laura (Fernanda Serrano) escreve hesitante uma mensagem a Joaquim, mas acaba por não a enviar.

Catarina (Carolina Frias) diz a Raquel que Augusto foi, pela primeira vez, ao cemitério visitar a campa de Marina. Raquel afirma que Augusto deve estar a sentir que perdeu duplamente, agora que descobriu que Gabriel não é seu filho.

Mané (Vicente Wallenstein) avisa Sara (Ana Varela) que não vai aguentar as provocações dela e puxa-a para si, beijando-a com excitação.

Augusto chora em frente à campa de Marina e diz que nunca a irá perdoar se descobrir que ela já sabia que Gabriel era filho de Gonçalo e não dele. Repara em Raquel, que também chora a observá-lo. Os dois abraçam-se, para darem força um ao outro.

Raquel (Maria João Pinho) diz, em frente à campa de Marina (Dina Félix da Costa), que sabe que a amiga não quis fazer mal a ninguém e que escondeu toda a verdade por amor. Augusto (Filipe Vargas) acrescenta, desolado, que vai conseguir descobrir quem a matou e que vai vingar a morte dela.