Notícias
26 mar 2016, 21:50

Sábado de cantorias e jogos

O último sábado d' A Quinta: O Desafio e o penúltimo dia de programa foi ocupado, sobretudo, com muita música e alguns momentos de descontração. Sem descurar o tratamentos dos animais, os quatro finalistas e o «patrão» divertiram-se numa sessão se Karaoke e a jogar Pictionary.

A Voz desafia os quatro finalistas e o «patrão» a demonstrarem os seus dotes vocais, para que se descubra quem é o mais afinado. Pedro C. recolhe, no palheiro, a lista de músicas que os cinco vão poder cantar durante uma tarde de Karaoke. Já na sala, o «patrão» mostra a Daniel e Liliana A. a lista. «Eu quero o Zumba na Caneca, da Tonicha», diz o «patrão».

Enquanto aguardam pelo início da sessão de Karaoke, Pedro C., Luís, Liliana A. e Daniel tentam decidir quem começa a cantar e as músicas que vão interpretar. Pedro C. continua a dizer que vai cantar «Zumba Caneca», da Tonicha. Luís, que começa por dizer que quer cantar «Maria Albertina», dos Humanos, garante que não consegue cantar sem companhia. Bernardina prefere continuar a dormir, a participar no Karaoke. De micro em punho, Pedro C. e Luís cantam «Eu Gosto é do Verão», dos Fúria do Açúcar. 

«Podes ficar com as jóias, com o carro e a casa, mas não fiques com ele», cantam Pedro C., Luís e Liliana A. Os dois concorrentes e o «patrão» demonstram muito entusiasmo com a sessão de Karaoke e cantam «Comunhão de Bens», de Ágata: os dois alentejanos de microfone em punho e a bailarina com uma colher de pau. 

A sala d' A Quinta continua transformada num verdadeiro palco. Enquanto Luís, Liliana A. e Pedro C. cantam todos os temas que se fazem ouvir, com a ajuda da letra que surge no televisor, Daniel acompanha o ritmo das músicas com duas colheres de pau. Os temas quentes do Brasil, de artistas como Fafá de Belém e Ivete Sangalo, são agora aqueles que fazem as delícias dos concorrentes e «patrão». 

A sessão de Karaoke, para felicidade de Daniel, chegou ao fim. Luís, no entanto, revela que gostava de ter cantado músicas que não passaram. «Quando eu estou a curtir das cenas é que acabam», comenta o alentejano. «Ó Luís, também não as queiras cantar todas», diz Liliana A. ao colega. A bailarina e o «patrão» decidem meter mãos ao trabalho e fazer crepes.

Quando já ninguém o esperava, o instrumental de «A Paixão», de Rui Veloso, faz-se ouvir na sala. Pedro C. e Luís correm para frente do televisor, para cantar o tema do pai do rock português. No fim, o «patrão» quer cantar «Restolho», de Mafalda Veiga. Já Luís prefere cantar «Não há Estrelas no Céu», de Rui Veloso. A Voz acaba por fazer a vontade ao vencedor da quarta edição da Casa dos Segredos. 

Com os crepes para o lanche já prontos, Pedro C. e Liliana A. fazem um dueto e cantam «Amor de Água Fresca», de Dina. «Peguei, trinquei e meti-te na cesta», cantam os dois. Luís acaba por acompanhar os colegas. «Muito obrigado», dizem, no fim. Segue-se «Baile de Verão», de José Malhoa. «Esta é para ti», diz o «patrão» ao vencedor da quarta edição da Casa dos Segredos. 

Bernardina e Luís conversam sobre algumas das missões mais engraçadas que enfrentaram na edição da Casa dos Segredos em que participaram. A Voz acaba por pedir aos concorrentes e ao «patrão» para reunirem na sala, para anunciar que todos vão jogar Pictionary. Daniel recolhe o jogo no palheiro e é o primeiro a desenhar no quadro. 

Liliana A. retira um cartão do saco e dá conta que a palavra que lhe calhou já tinha sido desenhada por Luís. A bailarina retira um segundo cartão e dá conta que também a palavra escrita nesse cartão também já tinha sido desenhada pelo alentejano. Instala-se a dúvida: será que Luís voltou a introduzir os seus cartões no saco ou as palavras estarão repetidas? Depois de Liliana A., chega a vez de Bernardina desenhar.