«Quero morrer, este é o meu desejo mais puro»

No «A Tarde é Sua», ouvimos o testemunho de alguém que viveu anos refém da anorexia.

Filipa Melo tinha apenas 12 anos quando foi diagnosticada com anorexia. Não aceitava a imagem distorcida que via ao espelho e chegou a desejar a morte. «Quero morrer, este é o meu desejo mais puro», confessou a jovem, no diário que escreveu, e acrescentou: «Eu odeio-me, não gosto de mim, sou nojenta».

Filipa foi internada, uma primeira vez, durante um período de quatro meses, mas acabou por ter uma recaída. Nessa fase, chegou a comer apenas uma maçã no dia todo, até que atingiu o peso mínimo de 28 quilos e foi novamente internada.

A jovem foi recuperando a pouco e pouco, mas aos 18 anos, a mudança para a cidade de Lisboa, para estudar, fê-la regredir. Filipa voltou a perder peso, mas pediu ajudar de imediato, e passou a ser acompanhada no hospital.

Mais tarde aliou às consultas médicas, a psicoterapia e o Yoga, duas experiências que considera fundamentais para ganhar amor próprio e para vencer a doença.