Vivo com uma pessoa infetada com coronavírus. O que devo fazer?

No «A Tarde é Sua», foram dados alguns conselhos a quem partilha o mesmo teto com um doente.

José Santos, médico de família, deixou algumas orientações, de extrema importância, para quem convive com uma pessoa infetada por COVID-19:

• se possível, a pessoa infetada deve ficar numa divisão à parte, bem ventilada;

• a movimentação do paciente em casa deve ser limitada e a partilha de espaços deve ser minimizada ao máximo;

• é também fundamental limitar o número de cuidadores; idealmente, uma pessoa de boa saúde, sem doenças crónicas pré-existentes ou outras condições que possam comprometer o seu sistema imunitário. Visitas não são permitidas até o paciente em questão estar completamente recuperado e não mostrar qualquer evidência de sintomas;

• deve ser realizada a higiene das mãos, depois de qualquer tipo de contacto com o paciente ou com o seu ambiente;

• o paciente deve ter a sua própria loiça e utensílios, que devem ser lavados com sabão e água depois de utilizados;

• aconselha-se a lavar e desinfetar diariamente as superfícies da casa, usadas mais vezes pela pessoa doente;

• as roupas do paciente, bem como as roupas de cama e de banho deste, devem ser lavadas com sabão e água ou lavadas na máquina a 60-90º com o detergente doméstico. A roupa contaminada deve ser colocada num saco à parte;

• os resíduos da pessoa infetada devem ser colocados num caixote do lixo próprio, que deve estar no quarto do paciente; só depois podem ser totalmente descartados;