Vítima de violência doméstica: «Eu não sabia se ele ia chegar a casa e partir tudo»

No «A Tarde é Sua», ficamos a conhecer o caso de uma mulher que viveu dois grandes pesadelos.

«Ana» viveu o tormento da violência doméstica em duplicado. Primeiro com o pai da sua filha mais velha, e depois com um namorado que a agredia, a coagia e a perseguia. Relativamente ao primeiro relacionamento, esta mulher fez uma revelação: «Eu não sabia se ele ia chegar a casa e partir tudo». Já sobre o segundo companheiro, esta vítima confessou que ele fazia-a sentir vergonha de tudo o que ela era.

Foram muitos anos de terror, em que correu risco de vida. Houve um momento em que chegou a pensar que não iria sobreviver. Mas, com muitas dificuldades, «Ana» conseguiu sair destas relações abusivas.

Quando menos esperava, o destino colocou no seu caminho um homem muito diferente dos dois anteriores e, hoje, é uma mulher genuinamente feliz.

Apesar de já ter encontrado o amor, esta mulher faz parte da longa lista de mulheres portuguesas que já foi alvo de agressões físicas, psicológicas e emocionais às mãos de um homem.