Ana levou uma petição pública para a legalização da prostituição à Assembleia da República

No «A Tarde é Sua», recebemos a empresária que tem dado a cara pela defesa dos direitos dos trabalhadores do sexo.

Alguns dias depois de Ana Loureiro estar no programa, a 8 de janeiro de 2020, e impulsionada pelo apoio que recolheu junto de milhares de telespetadores, entregou na Assembleia da República a petição «Legalização da Prostituição em Portugal e/ou Despenalização de Lenocínio desde que este não seja por coação», quando esta somava 4.004 assinaturas. Hoje, soma mais de 4.600.

No início deste mês de Junho, Ana foi ouvida na Assembleia da República, onde explicou o porquê da petição. Como engloba duas temáticas distintas, a petição dividiu-se: a Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias ficou de apreciar a despenalização do lenocínio simples e a Comissão de Trabalho e Segurança Social a regulamentação da prostituição. Poderá, ainda, existir um debate no plenário.

Ana Loureiro é empresária do sexo, dona de duas casas de prostituição, que resolveu dar a cara pela luta da legalização, em Portugal, daquela que é chamada «a mais antiga profissão do país».