Crescer na Casa Pia com o escândalo sexual

No «A Tarde é Sua», conhecemos a história de Ana que viveu durante 13 anos numa instituição.

Ana Teixeira e os quatros irmãos foram institucionalizados, ainda crianças, e mais tarde ficaram juntos na Casa Pia, na Lourinhã.

Os pais eram alcoólicos e negligenciaram os filhos. No total, tiveram 8 filhos, apenas 6 comuns do casal. A filha mais nova (comum do casal) foi entregue para a adopção, pela mãe, com meses de vida. Ana e os quatro irmãos, ainda hoje mantêm uma forte união, cresceram juntos na Casa Pia, da Lourinhã.

Na nova família na Casa Pia, descobriu bem cedo as regras e as obrigações. Havia também espaço para o afeto, amor, apoio e incentivo.

Quando saíram as notícias do escândalo sexual da Casa Pia, Ana tinha 12 anos e foi várias vezes gozada na escola por estar naquela instituição. Os colegas perguntavam-lhe se tinha sido vítima de violação e até algumas funcionárias não se continham de tocar no assunto. Ana ficava muito afetada, mas quando chegava ao lar de acolhimento tinha todo o amor e carinho que a fazia abstrair do que tinha passado na escola.

Ana esteve na instituição até aos 19 anos e reconhece que ter crescido na Casa Pia foi o melhor que lhe aconteceu e que vê ali uma verdadeira mãe.