As novas atualizações do caso de Madeleine McCann

No «A Tarde é Sua», conhecemos os últimos desenvolvimentos sobre este caso.

Gonçalo Amaral, ex-inspetor da Polícia Judiciária, no dia 21 de junho de 2020, deu uma entrevista no «Jornal das 8», onde insistiu que o suspeito alemão do desaparecimento de Maddie McCann é um bode expiatório, porque é preciso «uma figura que pelo perfil encaixe para levar com as culpas». Afirmou, ainda, que os pais da criança foram negligentes «e que continuam a mentir» às autoridades.

O ex-inspetor revelou novas fotografias que diz serem da van ligada ao suspeito alemão, nas quais o veículo está com uma personalização com desenhos a preto e não toda branca e amarela como surge nas imagens divulgadas pelas autoridades alemãs.

Madeleine McCann desapareceu no dia 3 de maio de 2007, poucos dias antes de fazer quatro anos, do quarto onde dormia juntamente com os dois irmãos gémeos, num apartamento de um aldeamento turístico, na Praia da Luz, no Algarve.