Depois do sonho de ser mãe, Sofia viveu um pesadelo

No «A Tarde é Sua», conhecemos o testemunho de uma mãe que esteve em risco de vida.

Sofia Vieira tinha 30 anos, quando quase perdeu a vida. Esta mulher estava grávida e desenvolveu uma peritonite fulminante: uma inflamação no abdómen. A doença privou-a de pegar na filha recém-nascida ao colo, sendo que só três semanas depois do nascimento é que teve ordem para a ter nos braços.

Como por milagre, mãe e filha sobreviveram. Mas, quando Sofia já estava em casa a recuperar da peritonite, cegou de um olho. Depois de muitos exames, chegaram à conclusão que a cegueira temporária era consequência de uma doença inflamatória degenerativa: a Esclerose Múltipla. Com este diagnóstico, Sofia entrou em revolta e depressão.

A grande motivação que esta mulher encontrou, para tentar contornar esta doença, foi a filha. Atualmente, Sofia lida com a Esclerose, não como uma doença degenerativa incapacitante, mas sim como uma doença crónica em que, com acompanhamento médico, é possível ter uma boa qualidade da vida.