A luta para assumir a transexualidade

No «A Tarde é Sua», conhecemos a história de Andreo, que noutra altura da vida já foi Andreia.

Sem saber ao certo o que se passava, Andreia, agora Andreo, não se identificava com as brincadeiras típicas de uma menina e tinha gostos muito distintos dos da irmã gémea. A ideia de ser um rapaz foi algo que passou inúmeras vezes pela cabeça, mas rapidamente era abafada pelos estereótipos e preconceitos da sociedade.

Aos 21 anos, após vários pensamentos suicidas e longos anos a tentar lutar contra o que sentia ser, Andreia recorreu a um psicólogo que a ajudou e a reencaminhou para uma sexóloga. Este acompanhamento fez com que compreende-se o que se estava a passar e, dois anos depois, iniciou o tratamento hormonal para a mudança de género.

A família lidou com esta mudança de maneira progressiva e acompanhou-o nos processos seguintes.

Em 2016, assinou todos os documentos necessários e a Andreia tornou-se oficialmente Andreo. Escreveu um livro «Começar de vez», tornou-se assistente pessoal de uma pessoa com mobilidade reduzida e é coaching. Hoje é um homem pleno e feliz.