07 jan 2019 12:50

Daniel entra em conflito com Professor Fernández de Landa

O convidado após ter sido submetido ao teste, não reagiu bem a uma das respostas da Máquina da Verdade

Há dois anos que Daniel Freitas vive num ambiente de desconforto, cheio de acusações e, por isso, quis submeter-se à Máquina da Verdade para provar que não roubou a mãe.

O convidado sente uma enorme revolta por toda a família, mas é com a mãe que tem um maior conflito. A única justificação que Daniel encontra é que a mãe o inveja por ser «o menino do papá» e não o irmão.

Para além de ser acusado de ter roubado a família, Daniel lida também com as acusações de fazer tráfico de droga.

O Professor Fernández de Landa fez-lhe as seguintes questões:

-À pergunta: «Nos últimos anos, consumiu substâncias ilícitas?», Daniel respondeu «não» e o resultado foi «mentira».

-À pergunta: «Alguma vez roubou a família?», Daniel respondeu «não» e o resultado foi «verdade».

-À pergunta: «Roubou o ouro aos seus pais?», Daniel respondeu «não» e o resultado foi «verdade».

O convidado não reagiu bem ao resultado «mentira» e exaltou-se quando o professor disse que Daniel ainda podia ter contacto com droga.

O convidado argumentou: «eu falo a verdade» e como não aceitou a resposta da máquina, disse que estava disponível para fazer análises e provar que está «limpo».

Depois de algumas recomendações, Daniel ficou satisfeito porque conseguiu provar que nunca roubou a família.

Fátima Lopes e o Professor Fernández de Landa aconselham Daniel a deixar as drogas. Uma vez que estamos no início do ano, a apresentadora sugeriu que Daniel saísse de casa e seguisse em frente.