07 jan 2019 16:26

Saiba como lidar com ameaças nas redes sociais

Há cada vez mais pessoas com um discurso de ódio para outras, na Internet.

As redes socais são um meio de interação muito positivo, mas também com aspetos negativos. As pessoas normalmente acreditam em notícias falsas e comentam publicações com criticas destrutivas.

Não se sabe ao certo o porquê de os usuários das redes sociais comentarem negativamente outras pessoas, talvez porque como não é «cara-a-cara» e sim atrás de um ecrã, as pessoas se sintam mais confiantes em fazê-lo.

A socióloga Maria José Núncio disse que «as pessoas escondem-se atrás de um teclado» e que nunca diriam estas barbaridades à frente da pessoa. A socióloga acrescenta que o facto de alguém ver uma rede social, já pensa que conhece a vida toda desse perfil e que têm o direito de julgar.

Um alvo muito criticado neste aspeto são as figuras públicas. Por exemplo, a ex-concorrente da Casa dos Segredos, Sofia Sousa, quando saiu do reality show ficou com milhares de fãs, mas também recebeu inúmeras mensagens negativas, inclusive ameaças de morte.

Este facto fê-la ficar em casa fechada durante sete meses, com medo de sair à rua e ser reconhecida. A ex-concorrente chegou a temer pela vida da filha.

Sofia nunca fez nada para merecer esta má fama e não percebe o porquê de as pessoas ofenderem sem fundamento. Chegou a fazer queixa à Polícia, mas os perfis das ameaças eram falsos.

Nelson Nunes, o autor do livro «Quem vamos queimar hoje?» entrevistou várias figuras públicas que têm medo de voltar a casa, também por terem recebido ameaças de morte. Por exemplo, a atriz brasileira, Maitê Proença, não voltou a Portugal depois de um vídeo satírico durante uma visita ao nosso país.

Maria José Núncio, socióloga, aconselha a que a pessoa reflita e pense que pode estar a destruir uma vida.

Este fenómeno tem-se tornado cada vez mais comum, e em alguns casos pode deixar a vítima em estado de desespero, levando-a por vezes ao suicídio.

Não existe solução para este problema, mas existem alguns cuidados que podem ser utilizados:

-Não disponibilize informação privada;

-não forneça a sua palavra-passe a ninguém;

-não aceite pedidos de amizade de perfis estranhos ou inapropriados;

-mantenha o estado do perfil em privado. Aberto somente para amigos e que realmente tem ligação na vida real;

-não responda a nenhuma ameaça e faça queixa à polícia.

As redes sociais, são atualmente um espaço para o discurso de ódio e está cada vez a ganhar maior proporção e visibilidade através da Internet.