05 nov 2019 18:33

Estratégias para as mulheres gerirem melhor o seu tempo

Dicas da socióloga Maria José Núncio

Se não podemos controlar o tempo, podemos, pelo menos, controlar a forma como o gerimos: gerir o nosso tempo é, antes de mais, gerir a nossa vida.

Ser mulher, hoje em dia, é um desafio constante. Significa que devemos ser boas companheiras, profissionais competentes, amigas cuidadosas e, na maior parte dos casos, boas mães. Corresponder a todas estas expectativas é, no mínimo, desgastante. Articular da melhor maneira todas as exigências do nosso dia-a-dia, adotando pequenas estratégias que podem realmente fazer a diferença na forma como gerimos o nosso tempo, é o conselho deixado pela socióloga.

Principais dificuldades na conciliação ‘trabalho versus família’:

• carga horária excessiva;
• incompatibilidade dos horários de trabalho com horários de creches e escolas;
• tempo excessivo despendido em deslocações casa-trabalho;
• dificuldades de progressão na carreira;
• tensão psicológica da articulação de papéis.

Principais estratégias na conciliação ‘trabalho versus família’:

• organização do tempo;
• utilização da jornada contínua;
• utilização de horário flexível;
• recusa de horas extraordinárias de trabalho;
• adiamento da progressão na carreira.

Principais dificuldades na gestão do tempo em casa:

• limpeza e arrumação da casa;
• preparação das refeições;
• sobrecarga de tarefas;
• ausência de apoios.

Principais estratégias na gestão do tempo em casa:

• simplificar;
• delegar tarefas;
• prever e antecipar;
• ter um plano B;
• angariar e organizar apoios (amigos, avós, etc);
• planear menus semanais, com refeições de rápida confeção, e que possam ser congeladas;
• planear as compras;
• apontar tudo numa agenda;
• desenvolver rotinas familiares.