Máquina da verdade: quis provar que não era prostituta e que não traiu o marido

Será que verdade ou mentira?

Joana Santos tem 34 anos e tem sido difamada e acusada de se prostituir e de trair o companheiro.

Para ver o boato esclarecido, esta mulher submeteu-se à maquina da verdade. O resultado do polígrafo ditou que esta mulher já vendeu o corpo a troco de dinheiro ou outros bens de valor, que nunca traiu o marido, mas que o vizinho chegou a fazer propostas de cariz sexual.

A família do atual companheiro duvidava da palavra de Joana, mas com este resultado ficou provado que nunca foi infiel.