A história nunca contada de Carla Matadinho

A modelo partilhou connosco momentos de dor e sofrimento.

Carla Matadinho tem 36 anos e é natural de Évora. Depois de ter começado uma carreira de modelo com apenas 14 anos, cumpriu o sonho de desfilar para a estilista Fátima Lopes. Em união de facto com Paulo Sousa Costa e mãe de dois filhos, gere com o marido a produtora Yellow Star Company, responsável por inúmeros eventos, festivais de verão, concertos e peças de teatro de sucesso.

Mas desengane-se quem pensa que a vida de Carla Matadinho foi sempre "um mar de rosas".

Desde uma infância marcada pelo sofrimento, passando pela perda do enteado de apenas sete anos, que considerava como um filho, Carla teve que superar vários obstáculos até conseguir atingir a felicidade que sente hoje.

A modelo não é fruto de uma família tradicional. Como se costuma dizer, foi criada "às três pancadas", perdeu o pai muito cedo, a mãe tinha muitos problemas de foro psicológico e Carla acabou por ir buscar as referências de família a algumas pessoas que cuidaram dela.

No coração guarda quem lhe estendeu a mão nos piores momentos da sua vida.

Sobre o marido e o enteado, Carla garante: «Eles foram a minha primeira família, tinha neles um exemplo.»

Foi em Setembro de 2010 que o casal sofreu a maior dor de todas. Paulinho, como era carinhosamente tratado por todos, perdeu a luta contra uma leucemia rara. O menino tinha apenas sete anos.