29 nov 2019 18:13

Máquina da verdade: quis provar que não roubou um casal amigo

Será que Fernando está inocente?

Imagine que um casal de amigos que conhece há mais de 27 anos o acusa de repente, de roubar um cofre com dois mil euros. Fernando Ferreira garante que foi isto que lhe aconteceu! Está revoltado e assegura que foi incriminado.

A acusação data do dia 1 de Novembro, dia em que o casal lhe disse que ele era a única pessoa que entrava e saía livremente da casa deles em Coimbra, e que portanto só podia ter sido ele a roubar o cofre que tinham no quarto e que teria, alegadamente, dois mil euros.

Fernando está não só revoltado com a acusação, como também magoado por esta ter partido de quem menos esperava. Garante que não houve qualquer acusação oficial de roubo, e não há provas nem testemunhas.

É a palavra do casal contra a palavra de Fernando. Com o apoio total da mulher e filhos, este homem sentiu que devia vir à máquina da verdade para provar perante tudo e todos que é inocente.

Depois de se submeter ao teste do polígrafo, conseguiu fazer justiça e limpar o seu bom nome.