Ex-prostituta procura a filha dada para adoção

Teresa tem esperança de encontrar a filha, Magda, que não vê há 18 anos.

Com apenas 15 anos, Teresa fugiu de casa da mãe adotiva. Viveu na rua e engravidou aos 16 anos.

Um mês depois de ser mãe, a jovem foi obrigada pelo namorado a prostituir-se.

Aos oito meses de vida, a filha foi-lhe retirada pela segurança social. Teresa conseguiu manter o contacto com a menina até aos cinco anos, altura em que esta acabou ser por adotada.

Mais tarde, a jovem voltou a engravidar, por três vezes, mas nunca conseguiu reatar o contacto com a filha mais velha.

Magda tem hoje 23 anos, e a mãe ainda não perdeu a esperança de a encontrar.