Dos falsos médicos às apps: as burlas que aproveitam o coronavírus

Mensagens enganadoras, aplicações que lhe bloqueiam o telemóvel e angariações de fundos falsas são alguns dos esquemas mais comuns relacionados com a COVID-19.

A PSP afirma que tem registado um aumento de burlas, nas últimas semanas.

Dadas as circunstâncias, foi lançado o alerta:

«Alertamos para as burlas, em ações de contacto porta-a-porta.
Tenha atenção a falsos profissionais de saúde, que dizem disponibilizar serviços e/ou produtos ao domicílio, para despistagem e/ou tratamento do COVID-19.
A PSP reforça o conselho de não abrir a porta a estranhos e, em caso de dúvida, contactar de imediato a PSP, quer pela linha de emergência 112, quer pelo contacto telefónico direto da Esquadra da sua área da residência.
Privilegie os meios digitais e o telefone.»

Em estúdio recebemos o subintendente da PSP, Hugo Guinote, que reforçou esta mensagem.