20 mai 2019 18:05

Paulo: «Sentia que não valia nada. Desejei a morte!»

Paulo teve de reaprender a fazer quase tudo. Sentia-se completamente inútil e um fardo na vida dos que lhe eram mais próximos. Por isso mesmo, confessa que desejou morrer, e chegou mesmo a pedir o divórcio.