Em «A Teia», Vera (Maria João Pinho) está a trabalhar quando lhe batem à porta com uma encomenda que chega para si, sem remetente. A inspetora fica chocada com o conteúdo que está dentro da caixa.

 

Elvira (Julie Sergeant) atende contrariada a chamada de Vera, que lhe diz precisarem de falar, sobre ter encontrado provas de poder ser Tiago (Filipe Vargas) o assassino e quando Elvira desliga a chamada fica furiosa por ter perdido Tiago de mira.

 

Entretanto, vê-se alguém a entrar no gabinete de Vera e a vasculhar as suas coisas, encontrando os comprimidos desta no caixote do lixo.

 

Elvira diz a Jaime que têm de apanhar Tiago para provar ser ele o assassino e que precisam da colaboração de Cláudia e de Vera.

 

Vera consegue confrontar Tiago por ter ocultado que tinha falado com o homem que vendeu explosivos a Augusto o que o coloca sob suspeita de o ter matado, mas Tiago refuta, que nunca faria mal a Augusto. Vera conta a Mário que falou com o homem que vendeu explosivos a Augusto e que Tiago estava a par disso, o que o coloca sob forte suspeita de ter matado Augusto. Mário ordena a Vera que chame Nuno a depor. Nuno, no seu depoimento informa que Tiago sabia destas informações todas e que não perecebe a questão da inspetora.

 

Mais tarde, Vera recebe uma encomenda com uma nota e uma cabeça de porco onde se lê: «O homem do matadouro sabe quem matou Ricardo. Mas foi obrigado a calar-se. Faz o teu trabalho.»

 

Irá Vera conseguir escapar às ameaças do assassino? Veja os próximos episódios de «A Teia», na TVI.