NESTE EPISÓDIO...

Simão (Diogo Morgado) acorda em sua casa.

Humberto (Pedro Teixeira) critica Valdemar (Luís Esparteiro) por ter alinhado na mentira e afirma que nunca o vai conseguir perdoar por isso, propondo desfazerem a sociedade na oficina.

Inês (Margarida Serrano) olha chateada para o seu telemóvel que deixou de funcionar mas sabe que Simão deve estar quase a regressar de Lisboa.

Mónica (Marta Faial) vai visitar Carmo e fica perplexa por ela lhe pedir ajuda para sair da clínica.

Domingos (Fernando Pires) fica tenso por Mayra (Sofia Baessa) lhe contar que Mónica foi a Lisboa visitar uma amiga a uma clínica.

Carmo explica a Mónica que a mantêm ali drogada à força para não contar o que sabe e que precisa de ir para o Porto por ter informações importantes sobre o assassino. Acaba também por revelar que Diana não morreu.

Mónica apresenta-se como sobrinha de Carmo e, em conjunto com o médico, concluem que Carmo está pronta para retomar a sua vida.

Cecília (Sofia Ribeiro) beija Humberto, que a afasta.

Domingos joga um jogo com Inês em ambiente descontraído. Nos armazéns, Cláudia e Joana (Margarida Moreira) consolam Cecília que está desolada a achar que vai perder Humberto.

Simão segue tenso para os escritórios e nega a Tiago (Filipe Vargas) ter conseguido saber mais alguma coisa do assassino através da mãe de Diana.

Simão pede a Jaime (Carloto Cotta) para ir consigo, para lhe provar que continua a correr risco de vida às mãos do assassino.