O romance entre João Maria (Rafael Ferreira) e Joana (Margarida Moreira) tem dado muito que falar, com a morte da avó do jovem, a gravidez de Joana e agora, a morte de Paulo. Muitos têm sido os desafios que este casal teve que enfrentar, mas avizinha-se outro.

 

João Maria tenta convencer Matilde (Beatriz Leonardo) que não é nenhum criminoso, entretanto recebe uma mensagem e fica muito agitado, saindo de casa. Na PJ, Diana conta a Tiago que usou um programa de clonagem para mandar um sms a João Maria, em nome de Joana. João Maria tenta ligar à amada, mas está desligado.

 

Cecília (Sofia Ribeiro) procura João Maria e segue-o para a casa de banho.  João Maria continua a ligar para Joana, mas ela não atende, entra no cubículo e Cecília lê a mensagem no telemóvel do filho, ficando em pânico. Tiago pergunta a Cecília por João Maria, que lhe responde que não o viu.

 

A mãe de João Maria vai a casa de Joana, e confronta-a com a mensagem que encontrou no telemóvel de João Maria. Joana não está a perceber e quando pega no seu telemóvel, percebe que tem várias mensagens de João Maria, e liga-lhe. João Maria dirige-se ao local do encontro e não ouve o telemóvel. Enquanto isso, Tiago e Diana aguardam pelo encontro de Joana e João Maria. 

 

João Maria e Joana chegam ao local e Joana diz-lhe que se trata de uma armadilha, e que eles não podem estar ali. Diana e Tiago avançam, e informam que estão os dois detidos para interrogatório. João Maria ainda tenta escapar, mas em vão. De que serão acusados desta vez? Descubra brevemente em «A Teia».