Desde que foi descoberto o caso amoroso de Joana (Margarida Moreira) e João Maria (Rafael Ferreira), as suas vidas foram viradas do avesso. E para piorar, Joana descobre que está grávida, e o pai é o aluno dela.

 

Quando Paulo (Rui Santos) descobre, exige que Joana faça um aborto, mas Joana tem outros planos. Quer fugir com o namorado e avançar com esta gravidez. Também Cecília (Sofia Ribeiro) diz a João Maria que ele não está preparado para ser pai, porque ainda é uma criança, e a única solução é Joana abortar.

 

Nos armazéns, Joana conversa com Cláudia (Madalena Brandão) e pede-lhe que interceda por ela junto a Tiago, no caso da polícia. Patrícia (Inês Custódio) aproxima-se e humilha a mãe, Joana agarra-a e a filha dá-lhe um safanão que a faz cair desamparada, batendo com a barriga.  

 

Joana vai parar ao hospital, e está em recuperação, com João Maria está ao seu lado. Cecília informa que o médico disse que o caso é crítico, e que o bebé pode não sobreviver. Será que o bebé de Joana e João Maria vai nascer? Descubra nos próximos episódios de «A Teia».