Maria Rita provoca acidente de Vera?

12 fev 2021 00:00

Júlia (Cucha Carvalheiro) pede a Afonso (Vítor D'Andrade) que lhe diga quanto dinheiro precisa para sair de casa, uma vez que a situação com Henrique (Pêpê Rapazote) é insustentável. Depois, fica em choque quando o filho lhe diz que só vai parar quando conseguir colocar Henrique na cadeia. Afonso acrescenta, ainda, que tem intenções de ocupar o lugar como patriarca da casa casando-se com Mercedes (São José Correia).

Nelo repreende Aldina (Luísa Ortigoso) por ter contado a verdade aos Sousa, sobre ter sido ela quem orquestrou a expulsão de Afonso.

Maria Rita (Kelly Bailey) recusa falar com Afonso e diz-lhe que não quer que ele a ponha contra Henrique. Afonso insiste para que ela lhe deixe provar o contrário.

Constança (Margarida Corceiro) pede a Vera (Bárbara Branco) que não acredite que Henrique e Artur (David Carreira) fizeram um acordo, e conta que a mãe e Afonso andam a fazer de tudo para porem toda a gente contra Henrique.

Confusas, Luzia (Patrícia André) e Suzy (Angie Costa) olham para Celinha (Paula Neves), que lhes diz, sem parar de chorar, que já fez um acordo com Pompeu para se divorciarem.

Surpreendido, Artur olha para Pompeu a contar-lhe que Celinha não exigiu dinheiro para se divorciar e que isso o tocou muito.

Madalena (Sofia Aparício) ouve e diz a Pompeu que ele devia ter vergonha do que está a fazer à mulher que o apoiou durante tantos anos, deixando-o desolado.

David (José Condessa) questiona Vera (Bárbara Branco) sobre se é verdade que chantageou Maria Rita (Kelly Bailey) para que ela o deixasse. Maria Rita entra e a discussão aquece, com Vera a dizer que aquela acusação é ridícula. Afonso (Vítor D'Andrade) ouve e olha-os, intrigado, mas todos se calam quando o veem.

Henrique (Pêpê Rapazote) diz a Madalena (Sofia Aparício) que Afonso vai dar cabo da fábrica se não tomarem medidas. Depois, propõe que se aliem para obstar às decisões que ele possa tomar.

Aldina (Luísa Ortigoso) olha, espantada, para Marlene (Helena Caldeira) de malas feitas a dizer que não quer ficar mais a trabalhar numa casa de criminosos, contando-lhe que ouviu uma conversa na sala, sobre o facto de Henrique ter usado um álibi falso para não ser preso.

Henrique explica a Madalena que o único interesse de Afonso é destruir tudo o que ele construiu. Madalena indica que não quer tomar partido de ninguém.

Carmo (Julie Sergeant) repara no mau humor de Pompeu (André Nunes), que se exalta por ela começar a falar mal de Celinha (Paula Neves) a acusá-la de ser uma interesseira. Camo percebe que se excedeu e assegura a Pompeu que gosta mesmo dele, sem nenhum interesse.

Celinha fala com uma cliente a garantir-lhe que não há problemas no Sal Inn, Mercedes (São José Correia) interrompe-a e diz à cliente que é ela a gerente do espaço e que Celinha só a esteve a substituir uns tempos.

Celinha avisa Mercedes que tem de respeitá-la por continuar como sócia dela mesmo quando se divorciar de Pompeu. Celinha começa a sentir-se indisposta com os nervos, e vomita para cima de Mercedes.

Furiosa, Maria Rita avisa Vera de que nada do que ela faça vai impedir que ela e David fiquem juntos. Vera sai a lançar a ameaça de saber coisas sobre ela que podem acabar com os seus planos.

Maria Rita agarra Vera e exige que ela lhe diga o que vai inventar para separá-la de David. Vera, ao separar-se de Maria Rita, desequilibra-se e cai pelas escadas.