Diogo: Genuíno ou jogador?

03 ago 2020 16:08

Mesmo depois do final desta edição do «Big Brother», o jogo do lisboeta continua a ser alvo de análises e comentários.

Diogo foi o 2º classificado do «Big Brother» e também dos que mais deu que falar na casa. A sua postura no jogo sempre foi alvo de dúvidas e de críticas por parte dos colegas e por parte dos comentadores. Teresa Paula Marques, durante o extra após a gala final, questionou se o concorrente abraçava verdadeiramente a causa da saúde mental, ou se apenas a promovia como estratégia de jogo, para conseguir mais facilmente chegar aos telespectadores.

Pedro Crispim não acredita que a estratégia do jogador tenha sido esta, pois este já defendia a causa nas suas redes sociais, antes de entrar na casa. Ana Arrebentinha também não concordou com o ponto de vista da psicóloga, pois «seria uma psicopatia muito grande». Esta comparou também o lisboeta a Fernando Pessoa: «Um senhor genial, mas louco». Apesar de tudo, Teresa Paula Marques afirma que o nómada digital consegui fazer muito bem a divulgação e o debate do assunto, chegando até a dizer que este fez um ótimo para os psicólogos, ao promover a importância destes.

No «Você na TV», o concorrente que abandonou ontem a mansão da Ericeira, referiu que já sonhava entrar num reality show deste muito jovem, e que fez alguma preparação com o seu psicólogo, que o ajudou enfrentar futuras situações que pudessem surgir dentro do jogo.

VEJA MAIS
VEJA MAIS