Ao Minuto

Francisco Monteiro revela conversa com Catarina Miranda: «Isso para ti pode ser o maior elogio do mundo, mas para mim é uma coisa horrível»

  • Big Brother
  • 30 mai, 15:46
Francisco Monteiro revela conversa com Catarina Miranda: «Isso para ti pode ser o maior elogio do mundo, mas para mim é uma coisa horrível» - Big Brother

Saiba tudo sobre esta conversa, aqui.

Francisco Monteiro foi sem dúvida um dos melhores jogadores de sempre de um Reality Show. Protagonista desde que entrou na aventura do «Big Brother» até sair. Zaza, como é conhecido, foi destemido um concorrente difícil de ler e imprevisível! Capaz de tudo para ir longe no jogo.

Curioso desde criança, o percurso de Francisco foi marcado pelos conflitos com a família, a comparação com o irmão, a depressão, as aventuras no Dubai, os amores proibidos.

De tudo, Francisco colheu aprendizagens e abriu-lhe as portas para ser quem sempre quis ser. «O Improvável» é o título do livro de Francisco Monteiro, o miúdo rebelde que se tornou um vencedor.

Cristina Ferreira questiona Francisco Monteiro: «Quando a Miranda fala da tua barriguinha, isso para ti agride-te?». À qual, o ex-concorrente responde: «E depois há outra coisa, eu falei com a Catarina na gala em que ela esteve e falamos um bocadinho sobre isso e eu disse-lhe se tu conheces mesmo o meu percurso e o meu trajeto sabes que isso é uma coisa que me incomoda profundamente. Tu sabes que ao estares a dizer isso para ti pode ser o maior elogio do mundo, mas tu sabes porque me conheces que para mim é uma coisa horrível. Estavas a jogar ou não estavas a jogar?».

Nesta conversa o vencedor do Big Brother 2023 explica o motivo do nome que escolheu para o seu primeiro livro: “Eu acho que o trajeto acabou por ser muito improvável (…) eu era um rapaz sem destino, agora não tenho muito tempo para andar a vaguear porque o tempo passa por toda a gente. Sinto que vou encontrando o meu caminho aos pouquinhos. É um pouco improvável o meu percurso mas sinto que foi isso que me moldou».

O comentador da atual edição do Big Brother fala sobre as suas inseguranças e a dor que isso lhe traz à sua vida: «As pessoas adoram dizer que nós somos muito mais do que um corpo, mas a verdade é que na grande maioria das vezes, nós somos tratados como um pedaço de carne. Isso incomoda-me profundamente. Fala-se muito disso, mas a verdade é que uma pessoa que não tenha uma imagem muito positiva raramente pode conquistar aquilo que se calhar…».

Francisco Monteiro aproveita o momento para falar sobre um assunto que o apoquenta: «Tu não podes dizer tudo o que te apetece, porque se não eu passo na rua. É bom senso isto, fico mesmo revoltado, porque mesmo falando com o meu irmão, o meu irmão tenta puxar-me um bocadinho à terra e diz não reajas assim. É muito complicado porque depois começo a disparar para todo o lado porque as pessoas tentam ajudar-me obviamente mas eu estou tão focado naquilo que aconteceu e no outro estar errado. Se eu estiver bem resolvido comigo mesmo obviamente que não me afeta tanto». 

Cláudio Ramos questiona: «Tu não gostas do que vês ao espelho?» Ao qual Francisco responde: «odeio, é tão simples quanto isto. Eu tenho milhares de pessoas que gostam de mim, milhares de mensagens incríveis e eu vou às negativas».

Durante a entrevista, Francisco Monteiro é surpreendido com uma mensagem da mãe e da avó. O ex-concorrente emociona-se e chora. Os apresentadores revelam que o entrevistado «só precisa de amor». Cláudio Ramos prossegue e dá a sua opinião: «Estás preso a uma coisa que não tens de estar. Tens uma barreira transparente à frente. Só tens de deixar que as pessoas te amem. Entrega-te homem. Um dia vais olhar para trás e pensar fogo podia ter vivido isto de outra maneira tão mais feliz».

Cristina pergunta: «Não sentes que vives em guerra constante?». Francisco afirma: «Todos os dias. Ando muito cansado, estou exausto. Sinto que é quase como ser agredido todos os dias. Eu faço uma comparação: é como um mosquito que está durante a noite e ele vai-te picando e tu acordas todas as noites, durante várias vezes para o matar e tu nunca o encontras e acabas por não dormir. Ou seja a tua guerra está ali quando a única coisa que devias fazer era dormir».

O concorrente acaba por falar sobre a sua relação com Márcia Soares.

Veja a conversa completa, aqui:

 

Relacionados

Fora da Casa

Mais Fora da Casa