Ao Minuto

Catarina Miranda em desespero no último confessionário após expulsão: «Deixei a minha vida toda (...) Não tenho nada agora»

  • Miguel Gomes
  • 17 mai, 19:58
Catarina Miranda em desespero no último confessionário após expulsão: «Deixei a minha vida toda (...) Não tenho nada agora» - Big Brother
O último confessionário de Catarina Miranda

Catarina Miranda foi expulsa, devido a um comportamento que quebrou regras do programa. Logo após este momento, teve um ataque de ansiendade. Veja como foi o último confessionário de Catarina Miranda.

No Big Brother, uma reação de Catarina Miranda a uma brincadeira de João Oliveira, que a deixou muito desconfortável, mudou completamente o rumo do jogo. Limites acabaram por ser ultrapassados, quando Catarina Miranda atirou um copo e estilhaçou-o. Gabriel Sousa, que estava a comer ao seu lado, acabou atingido pelos cacos. O Big Brother viu este comportamento como imperdoável, violando regras do programa, acabando por tomar a decisão de expulsar Miranda. Esta teve um ataque de ansiedade, enquanto a casa toda estava de boca aberta, refugiando-se com Gabriel Sousa no confessionário. Reveladas agora essas imagens, vemos uma Catarina Miranda em pranto, a receber o apoio de Gabriel, naquele que foi o último confessionário da ex-concorrente na casa. «Deixei a minha vida toda para vir para este programa! Não tenho nada agora» disse Miranda, em choque com a decisão. Veja o momento na íntegra:

Veja aqui a brincadeira de João Oliveira, que levou Catarina Miranda a perder as estribeiras:

Minutos depois deste acontecimento intenso, João Oliveira mostrou-se revoltado com Catarina Miranda. Veja tudo o que disse:

Mais tarde, depois de se ter exaltado, Catarina Miranda regressou à casa e isolou-se do grupo.

Após atingir Gabriel Sousa com um copo, Catarina Miranda desaba em lágrimas na esfera e pede desculpa ao concorrente: «Não te queria mesmo aleijar, juro-te pela minha saúde, desculpa. Não fiz por mal. Eles estavam a dizer que foi para os olhos…Não queria mesmo aleijar, não era a minha intenção. Estou mesmo muito enervada».

«Estou tão farta do João, não consigo explicar. Faz-me muito mal. Ele começou de manhã a bater na porta, a provocar-me. Nunca o tratei mal, muito pelo contrário, sempre o tratei bem. Estou a comer uma refeição muito descansada e ela começa a meter detergente para a mesa do nada, depois começa a dizer para me calar…acho isto extremo. Acho que mais cedo ou mais tarde uma pessoa passa-se», acrescentou.

 

 

 

 

 

 

 

Relacionados