Ao Minuto

Catarina Miranda e Francisco Monteiro em discussão em direto: «Não é Miguel Vicente nem Savate. É Catarina Miranda, prazer»

  • Big Brother
  • 19 mai, 00:37
Catarina Miranda e Francisco Monteiro em discussão em direto: «Não é Miguel Vicente nem Savate. É Catarina Miranda, prazer» - Big Brother
miranda monteiro

No Big Brother, durante a gala, Catarina Miranda e Francisco Monteiro protagonizam momento de alta tensão. Veja aqui a discussão em direto

Durante a gala de sábado, dia 18 de maio, Catarina Miranda marcou presença em estúdio para assistir juntamente de outros ex-concorrente e a avó Rosário.

No início do programa, o apresentador pediu à ex-concorrente para que se juntasse a si e foi assim que começou uma forte discussão entre Catarina Miranda e o comentador e ex-vencedor do Big Brother 2023, Francisco Monteiro. Junto a Cláudio, Catarina começou por atirar a Zaza:

«Queiram ou não, eu vou ser sempre até ao programa terminar, o assunto é Miranda».

Após palmas no estúdio, Cláudio Ramos afirma: «Temos aqui o Francisco. O Francisco é um dos melhores jogadores de reality», ao que Miranda responde: «Já foi...»

O bate boca não tardou a acontecer! Catarina Miranda não poupou nas duras críticas ao comentador: «Sou Catarina Miranda. Não é Miguel Vicente nem Savate. É Catarina Miranda, prazer», ao que Francisco Monteiro responde: «Obrigado por estares aqui connosco. O estúdio ficou mais brilhante com a tua presença e prefiro muito mais ter-te aqui do que dentro da casa (...) Dizes que eu te rebaixei, consegues-me dar um bom exemplo?».

A chef não tardou em responder: «Desde o primeiro dia que tudo o que saiu da tua boca em relação à Miranda foi instigar o ódio à minha pessoa e tu como jogador que já foste devias-te lembrar que também criticaste muito os comentadores que estavam cá fora e diziam mal de ti. Devias aplaudir eu estar ali porque estou aqui, como todos os portugueses, a pagar o teu lugar para estares aí sentado Francisco (...) Neste jogo eras comentador, não eras jogador. Tinhas de ser imparcial (...) No teu jogo foste um dos melhores e eu votei em ti. Eu admiro-te (...) Tens de aceitar que há jogadores que vão aparecendo e são melhores do que tu (...) Gostava de ver eu e tu numa casa». Sobre Márcia, Catarina referiu: «A Márcia foi imparcial».

A discussão continuou e Zaza referiu: «Dá-me um exemplo em que eu tenha incitado ao ódio». Ao que Miranda responde: «Ainda hoje passou um avião pago por ti» Ao que Cláudio Ramos se insurge na discussão e afirma: «Não foi pago por ele, Catarina (...) O avião que passou hoje na casa não tem nada a ver com o Francisco» e Monteiro responde: «Acreditas mesmo que ia gastar do meu dinheiro para mandar um avião?». Catarina Miranda atirou ainda: «Não tenho uma lista nem vim com um discurso estudado como tu aqui tens».

Para finalizar o momento tenso, Márcia Soares entra na discussão em defesa de Francisco Monteiro e afirma: «Eu tenho que defender aqui o Francisco. Não considero de todo que ele tenha apelado ao ódio. É verdade que ele não concordou com o teu jogo (...) Analisando o trabalho dele, em momento algum te criticou. Simplesmente não se identificou com o teu jogo e eu também em muito atitudes não o fiz (...) É impossível sermos imparciais».

Sobre a expulsão de Catarina Miranda após copo partido, Márcia afirma: «O acto para mim em si não justificava uma expulsão. O problema é que não era a primeira vez. Já tiveste uma atitude assim em que tu própria te magoaste (...) Magoaste o teu colega e a partir daí a expulsão é justa».

Veja aqui a discussão completa e todas as reações em estúdio ao momento tenso: