Alemanha e G7 impulsionam investigação sobre covid-19 persistente

  • Agência Lusa
  • 14 mai 2023, 13:41
MM
Alemanha e G7 impulsionam investigação sobre covid-19 persistente - TVI
Covid-19 (Associated Press)

Ministros da Saúde dos países mais industrializados do mundo sublinham a necessidade de compreender melhor a forma persistente da doença, assim como as suas consequências

O grupo dos sete principais países industrializados (G7) quer avançar na investigação sobre a covid-19 persistente, adiantou este domingo o Governo alemão, na sequência da declaração final da reunião entre os ministros da Saúde no Japão.

No documento de encerramento da reunião em Nagasaki, no Japão, os ministros da Saúde sublinham a necessidade de compreender melhor a forma persistente da doença, assim como as suas consequências.

"Trabalharemos a toda a velocidade para desenvolver novas terapias e melhorar a assistência", declarou o ministro da Saúde alemão, Karl Lauterbach, acrescentando que, "quantos mais países cooperarem maior será o êxito, uma vez que as consequências da pandemia ainda não se superaram".

Os ministros do G7 tencionam, entre outros objetivos, lançar uma iniciativa de investigação, a pedido da Alemanha, projeto que ganhará forma no próximo ano sob a presidência italiana do grupo.

"A iniciativa do G7 dá esperança a milhões de pacientes em todo o mundo", afirmou Lauterbach.