As melhores músicas para dançar esta semana!

05 mar 2020 13:10

A competição entre as celebridades está ao rubro e, por isso, as próximas semanas prometem elevar a fasquia a níveis nunca antes vistos.

Nesta temporada, as surpresas sucedem-se de semana para semana, não só em termos de estilos de dança mas também em termos de convidados e músicas que acompanham as atuações.

A terceira gala não foi excepção e o inicio do programa começou com uma coreografia desenhada pela equipa de bailarinos profissionais do programa ao som de «Bad Guy» de Billie Eilish.

Contudo, depois de uma abertura cheia de garra, Marco Costa foi o primeiro concorrente a pisar o palco ao som de «Number One» de Boy Teddy para uma «kizomba» que, segundo os jurados, mostrou muita evolução em termos de técnica.

Seguiu-se Carolina Deslandes com o seu «hip hop» inspirado na música «Signs» composta por Snoop Dog e Justin Timberlake.

Mais tarde, foi a vez de Paulo Pires mostrar a coreografia que andou a aprender toda a semana ao som de uma das maiores baladas de Whitney Houston «I Have Nothing».

Margarida Corceiro e André Madeira aumentaram a temperatura do estúdio com um «quickstep» cheio de energia ao som de «É sexta feira» de Boss Ac.

Posteriormente, a atuação dos pequenos talentos Elisa e Lourenço foi comandada pelo hit do «Rei do rock», Elvis Presley «Jail House Rock». Enquanto que Dário e Marta mostraram todo o seu talento para a dança com a ajuda da música de «Aleluia» de Carolina Deslandes.

Carlão, Marisa Liz e Stereossauro deixaram a pista ao rubro com o tema que gravaram recentemente em conjunto: «A noite».

Virgul mostrou a sua veia de «hip hop» com «Finesse» de Bruno Mars e Cardi B. Já Soraia Tavares e Pedro Borralho brilharam a dançar a «valsa» com a ajuda de «You Don't Own Me» de Grace e G- Easy. Por último, tivemos a coreografia de «quickstep» de Angie Costa inspirada em Amy Whinehouse «Valerie».

Por último, Silvia Rizzo voltou a agitar a pista com uma «salsa» inspirada no êxito de Gloria Estefan «Rhythm Is Gonna Get You» e Marisa Cruz dançou «rumba» inspirada na balada «Como ela é bela» de Agir.