Luís Vasconcelos recorda diagnóstico difícil: «Estava a matar-me aos poucos»

No «Dois às 10», conhecemos a história de Luís Vasconcelos cuja vida foi marcada por várias tragédias.

«Estava a matar-me aos poucos», começou por dizer Luís Vasconcelos a Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos.

Na infância, aos 6 anos, perdeu o pai e, desde então, a sua vida nunca mais foi a mesma. Na adolescência teve uma insuficiência hormonal que lhe impediu a passagem de um corpo de menino para um de adulto. Começou a ter complexos porque existiam algumas semelhanças com o corpo de uma rapariga.

PUB

Luís conta que foi impedido de ter um crescimento normal e, para agravar a situação, começou a emagrecer muito até atingir a anorexia. 

Mais tarde, aos 29 anos, casou. Porém, nem aí conseguiu encontrar a felicidade visto que anos mais tarde foi deixado pela mulher e entrou numa espiral recessiva ainda pior. Desenvolveu múltiplas obsessões e chegou mesmo a ser internado na ala psiquiátrica. 

MAIS EXTRAS