Filho de Jéssica foi assassinado por colegas: «Não acredito que ele pediu para o matarem»

No «Dois às 10», ouvimos o testemunho de uma mãe que perdeu o filho, vítima de assassinato.

Filho de Jéssica foi assassinado por dois colegas, asfixiado e atirado para um poço. «Dois rapazes confessaram o homicídio, disseram-me que fizeram o golpe mata leão, porque ele estava deprimido e pediu para o matarem (...), não acredito que ele pediu para o matarem», conta a mãe.

Jéssica explica que o filho não estava a tomar a medicação e não entende como é que a juíza aceita a justificação dos homicidas. 

PUB

«Por incrível que pareça, a instituição (terapêutica) nunca me telefonou até hoje, nem para me dar os pêsames», confessa.

Esta mãe quer apenas que seja feita justiça, para poder fazer o luto do filho.

MAIS EXTRAS