A criança milagre que sobreviveu com 1% de hipóteses

No «Dois às 10» conhecemos Maria, que devido a uma meningite teve de amputar os dedos dos pés e das mãos, depois de ter passado 10 dias em coma.

Hoje, contra tudo o que se previu, Maria está viva e é uma criança muito feliz. A meningite levou à amputação dos dedos das mãos e dos pés, o que não a impede de desenhar, de agarrar num copo ou até de se maquilhar como a mãe. Esta é a história de uma criança milagre.

Tudo começou com um pico de febre. Filipa, mãe de Maria, dirigiu-se às urgências e horas mais tarde tem alta. Foi quando regressou a casa que reparou numas manchas rochas no peito da filha: «Sou hipocondríaca. Tinha lido que se ao toque as manchas não desaparecem, pode significar meningite». Filipa estava correta.

A bebé esteve 10 dias em coma, sofreu uma paragem cardiorrespiratória, os médicos avisaram que as hipóteses de sobreviver não passavam de 1% e, contra tudo, Maria sobreviveu.

Filipa admite que tinha deixado de acreditar em Deus depois de perder a mãe com 19 anos: «Agarrei-me a Deus nos dias em que esteve em coma. Tinha deixado de acreditar mas, depois do que aconteceu à Maria, fiz as pazes».

RELACIONADOS

Mãe de Sandro Lima: «Disse-me: Mãe, se não chorar contigo, vou chorar com quem?»

«Batia em si mesmo, mordia-se… e a mim também, era sempre o alvo»

Carina Rodrigues: «Vê-lo a tentar respirar e não conseguir foi o que me custou mais, estava a sofrer muito»

Teresa Silva não tem problemas em admitir que faz botox: «O dinheiro é meu»

Partiu um dente? Coloque-o imediatamente num copo de leite

A história de Constança, contada pela mãe Andreia: «Ouvi médicos a dizer que a minha filha não era bonita»

A Não Perder

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Goucha

Receitas

Fotos

Vídeos