Filipa perdeu os pais no espaço de 15 dias: «Desejei que a minha mãe partisse»

No «Dois às 10», conhecemos a história de Filipa Costa uma mulher cuja fica ficou marcada pela morte dos pais.

«Desejei que a minha mãe partisse», admitiu a convidada ao recordar aquilo que os médicos lhe disseram sobre o estado da mãe após ter ficado com mais de 90% do corpo queimado.

As hipóteses de sobreviver eram inferiores a 1% e, caso isso acontecesse, ficaria totalmente dependente de terceiros. Desta forma, Filipa, na altura com 27, acabou por desejar a morte da mãe pois a ideia de ver a mãe dependente aterrorizava-a.

O pai, que também havia sofrido graves queimaduras estava em coma induzido e, poucas semanas depois da morte da mãe, Filipa sofreu novo golpe do destino.

Num espaço de 15 dias fez o funeral dos pais e viu toda a sua vida virada do avesso devido a um incêndio doméstico.

Hoje, Filipa é um exemplo de luta pois construiu a sua própria família e conquistou vários sonhos.

A Não Perder

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Goucha

Receitas

Fotos

Vídeos