Maria Botelho Moniz desaba em lágrimas com história de convidada

A apresentadora, conhecida pela sua empatia e generosidade, não contém as emoções quando ouve a história das convidadas do «Dois às 10»

Maria Botelho Moniz não conteve as lágrimas e comenta: «Nunca mais se é o mesmo, faltará sempre um pedaço da vossa carne. É exatamente isso que é».

Maria Galiere esteve mais de dois dias em trabalho de parto: «Foi manipulado dentro do útero pelos médicos. Esteve muito tempo sem águas e houve falta de oxigénio». O bebé, que nasceu com paralisia cerebral, acabou por morrer um mês e dias depois. Foi há mais de 40 anos e foi o primeiro filho de Maria Galiere. Ainda assim, a convidada garante que a dor desta perda nunca desaparece.

Maria Galiere mostra a sua empatia para com Olga, que perdeu a filha de 21 anos em 2020: «Faço uma pequena ideia do que é perder um filho com muitas vivências. Há muitas fotos, muitas coisas para recordar.

Desde a morte da filha que Olga toma antidepressivos e sente que a ajuda psicológica não está a resultar «Temos que fazer a apresentação e explicar a nossa história, estou sempre a reviver o que aconteceu». A convidada sente, no entanto, que tem um anjo da guarda: «Acho que é a Rita que me está a ajudar lá do céu»

Maria Botelho Moniz, ainda muito emocionada, despede-se das convidas: «Volto a repetir, eu não sei que dor é essa. Mas sei que não há dor maior».

RELACIONADOS

Sandrina Pratas: «Arranjei o meu macho latino, tem dois metros!».

«O normal seria ter-se exaltado ou até ter voltado agredir a mulher, mas nunca partir para este extremo»

Tia Cátia ensina a fazer feijoada de choco com feijão branco

Relação longa? Saiba como manter a sua vida sexual ativa

Bruna Gomes fala do propósito de vida de Bernardo

Vasco, de «Inspetor Max», conta como perdeu 60 kg sem exercício físico

A Não Perder

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Goucha

Receitas

Fotos

Vídeos