Filho de Emília previu a própria morte: «Amanhã vou-me embora para sempre, com o meu pai»

  • 6 jan, 16:31

No «Dois Às 10», ouvimos o testemunho de uma mulher a quem a vida roubou os dois grandes amores.

Emília Agostinho perdeu o filho e o marido num acidente de carro. Rodrigo tinha sete anos quando previu que este momento ia chegar. «Amanhã vou-me embora para sempre com o meu pai», recorda Emília, lembrando as últimas palavras do filho.

«Ele disse para eu não ficar triste, porque ele só ficava invisível», conclui.

No dia da tragédia, Emília sentiu que alguma coisa não estava bem e passou o dia preocupar, mas não podia adivinhar o que estava para vir.

Esta mãe chegou a desejar a morte e acreditou que a vida não mais fazia sentido. 

MAIS EXTRAS