Joana Amaral Dias: «Temos a cumplicidade assassina deste avô»

27 jun, 13:03

No «Dois às 10», a psicóloga comenta o caso de um bebé recém-nascido que terá sido abandonado no lixo, pelo avô, levando à morte da criança.

A mulher que deu à luz esta criança tem 22 anos e encontrava-se no seu local de trabalho, quando se sentiu mal. A mãe foi buscá-la e levá-la para casa e a jovem, grávida de sete meses, acaba por dar à luz no domicílio, na presença dos pais e irmão. Devido à grande hemorragia, a família decide chamar a equipa de socorro, dizendo que se pode tratar de COVID-19 e que a doente estaria a vomitar sangue.

Após a entrada da jovem no hospital, a equipa de ginecologia percebe que se trata de uma gravidez consumada e alerta as equipas de emergência para que se localize o bebé. Ao chegar ao local, encontram uma criança com poucas horas de vida, em paragem cardiorrespiratória.

 

Atualidade

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Goucha

A Não Perder

Receitas

Fotos