Olga diagnosticada com esclerose lateral amiotrófica: «Não é fácil perceber que vou começar a perder faculdades» - Veja a conversa completa

  • Carla Anes
  • 15 abr, 12:07

No «Dois às 10», conhecemos a história de vida de Olga, diagnosticada com esclerose lateral amiotrófica em agosto de 2021. Fátima, mãe de Olga, diz que tudo estava bem até 2020, altura em que a filha teve os primeiros sintomas. Em 2021 descobrem a doença E.L.A.. Confessa que quando descobriu a doença foi um balde água gelada e que esta afeta os músculos. Carlos diz que a filha já fez três ensaios nos EUA sem sucesso. Fátima diz que os netos não souberam de nada na altura, que à medida que o tempo passa vão vendo e vivendo. Refere que a filha já perdeu muita coisa, deixou de conduzir e depende dos pais para tudo de momento. 

Conversas

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Goucha

Signos

Receitas

Fora do Estúdio

Fotos