"Num pico de euforia, pedimos aos jovens para ir para casa"

O presidente da Associação Nacional de Discotecas defendeu que o que se passou em Santos foi o resultado de um pedido aos jovens para irem para casa, durante um pico de euforia.

Em entrevista ao Esta Manhã, José Gouveia garantiu que o setor não podia estar mais satisfeito, depois de ter sido surpreendido pelo anúncio de reabertura dos bares e discotecas.

VEJA MAIS

MAIS VÍDEOS